Quando o bebê deve começar a andar?

primeirospassos-Villa-Mil

O primeiro ano de uma criança é cheio de marcos, mas entre as maiores descobertas, caminhar é a novidade mais aguardada. Isso porque, quando a criança passa a se locomover sozinha, ganha autonomia para interagir e explorar o mundo de uma maneira totalmente nova e cheia de novas possibilidades.

Quais são as fases até o bebê caminhar?

Para começar a andar de forma independente, os bebês precisam primeiro dominar outros marcos de desenvolvimento. Então, vamos passar uma lista rápida para que seja mais fácil acompanhar essa fase de desenvolvimento do seu bebê:

primeirospassos-Villa-Mil
Para que o bebê caminhe sozinho é necessário que ocorra uma série de outros acontecimentos.
  1. Sentar: É por volta dos 6 meses, que o bebê começa mostrar sinais de que está preparado para permanecer sentado. Em geral, em um primeiro momento os bebês precisam ficar sentados com apoio, como: almofadas, e com o tempo passam a garantir essa habilidade sem ajuda.
  2. Engatinhar: É comum que os bebês a partir dos 8 meses comecem a se arrastar e, em seguida, a engatinhar. Esse marco não acontece em todos os bebês, mas pode ser estimulado deixando o bebê em tapetes de atividades e com brinquedos disponíveis no chão.
  3. Puxar para ficar de pé: O tempo para isso varia, mas muitos bebês começam a ficar de pé por volta dos 10 meses. Normalmente, os bebês ficam de pé se apoiando em móveis ou brinquedos. Aos poucos, os bebês passam a adquirir mais estabilidade e isso garante momentos em que permanecem de pé totalmente sozinhos.
  4. Caminhar com apoio: Novamente, a idade varia para que o bebê passe a caminhar com apoio. Porém, quando o seu bebê faz isso, ele caminha pela sala usando todos os móveis disponíveis. Assim, passa a reconhecer a sua autonomia e possibilidade de movimentação.
  5. Caminhar sozinho: Esse marco é acontece devagar e, em geral, com certa insegurança. O bebê dá pequenos passos em direção a alguém de confiança ou a algum objeto. Com o tempo o bebê ganha segurança para caminhar maiores trajetos.

Como evitar assadura no bebê?

Quando os bebês geralmente começam a andar?

Cada bebê atinge o marco da caminhada em um momento diferente. No entanto, é provável que o bebê dê os primeiros passos entre os 9 e 15 meses . A princípio o bebê irá caminhar cambaleando, com uma postura ampla e braços estendidos, essas características são completamente naturais.

Para ficar de pé, o bebê precisa contrair muitos músculos. Mas, para andar, ela precisa relaxar um pouco os quadris e os joelhos. E esse é o desafio de caminhar para os bebês: descobrir como equilibrar a quantidade certa de tensão muscular nas pernas.

Depois que os bebês começam a andar, o próximo desafio é descobrir como parar. Por isso os bebês costumam cair muitas vezes enquanto iniciam os primeiros passos.  As quedas ocorrem porque os passos dos bebês tem muita força. Além disso, os bebês não costumam usar os calcanhares e nem sabem dobrar os joelhos, o que absorvendo parte do impacto dos passos.

Observe que, no início do processo para caminhar, não é incomum que os bebês alternem entre engatinhar e andar. Isso garante que eles adquiram segurança e maturidade para caminhar distâncias maiores.

Por que os bebês andam em idades diferentes?

Se o bebê caminha precocemente ou tardiamente não diz muito sobre o seu futuro. Isso porque nenhum bebê é igual ao outro e cada um se desenvolve de uma forma.  Então, não existe regra, mas existem determinados parâmetros que observamos na criança, são os marcos de desenvolvimento. No entanto, alguns fatores paralelos podem afetar quando os bebês começam a andar. São eles:

  • Tamanho: bebês maiores costumam andar mais tarde porque precisam de mais força para ficar de pé do que bebês menores.
  • Ordem de nascimento: um bebê com um irmão mais velho pode ser motivado a andar mais cedo porque quer acompanhar e imitar o que o filho grande está fazendo.

7 dicas para uso seguro do Sling!

Quando os bebês precisam de sapatos?

Os bebês aprendem a andar com mais facilidade se não usarem sapatos, pois os pés descalços permitem o contato direto com o chão. No entanto, ao sair de casa é interessante que o bebê esteja calçado. Para isso, procure um par de sapatos macios e com sola flexível – faça o teste dobrando o sapato ao meio.

primeirospassos-Villa-Mil
Os sapatos do bebê devem ser seguros e adequados para que ele possa andar.

Além disso, é importante que o sapato fique bem preso ao pé do bebê. Então, os pais devem estar atentos ao número e ao modelo do sapato. Os sapatos ou sandálias com pequenos saltos são prejudiciais e oferecem riscos de torção do pé do bebê.

Quando é necessário procurar um médico?

Apesar de cada criança ter o seu próprio ritmo de desenvolvimento, o atraso de alguns marcos de desenvolvimento precisam ser investigadas. Por vezes, esses atrasos podem ter relação com falta de estímulo dado a criança e até mesmo com doenças físicas ou neurológicas. Por isso, é recomendado que o bebê que não andar até os 18 meses seja acompanhado pelo pediatra para que a causa do atraso seja identificada.

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat