Meu bebê não dorme: como resolver?

bebenaodormeinstitutovillamil

Até os bebês mais calminhos as vezes têm problemas para dormir uma noite tranquila de sono. Aqui estão algumas formas de lidar com problemas comuns de bebês que não dormem.

Bebê não dorme
É comum que bebês de diversas idades passem por problemas na hora de dormir.

É bem provável que ninguém em casa está muito em dia com o descanso. Até mesmo quando os pequenos aprendem a dormir a noite toda, problemas para dormir podem surgir de vez em quando. Em resumo, lidar com contratempos noturnos faz parte da rotina com um novo bebê.

 

A maioria das dificuldades relacionadas ao bebê não dormir bem são causadas por problemas temporários como erupção de dentes, marcos do desenvolvimento ou mudanças de rotina. Por isso, ter ocasionalmente um bebê agitado na hora de dormir pode não ser nada que precise de maior preocupação. Contudo, se esses problemas se tornam persistentes, dificultando o descanso do seu bebê, mas principalmente, também o seu, pode ser um sinal de que há algo acontecendo que possa precisar de alguma atenção.

Sono do bebê: o que você deve saber?(Abre numa nova aba do navegador)

Primeiramente, alguns bebês, especialmente os maiores, podem ter algum hábito que sempre associam a hora de dormir, como, ser ninados ou receber uma mamadeira. Quando o bebê acorda no meio da noite, pode ser que ele esteja esperando que seja repetida a dose para que possa cair no sono novamente. Esse é o primeiro passo a checar.

Aqui estão alguns dos problemas mais comuns associados a cada faixa etária dentro do primeiro ano do seu bebê. Para te ajudar, também algumas soluções de como acalmar os pequenos rebeldes.

Meu bebê não dorme
É comum bebês terem dificuldade para aderir a uma rotina de sono.

Sono de bebês de 0 – 3 meses

Nessa etapa, os bebês ainda estão se acostumando com um padrão regular de sono. Recém-nascidos geralmente dormem entre 14 e 17 horas durante o período de 24 horas, acordando frequentemente para mamar tanto durante o dia quanto durante a noite.

O mesmo padrão se espelha em bebês de 1 até 2 meses, que dormem bastante durante o dia e também durante a noite, mas em períodos curtos, acordando frequentemente. Já quando completam 3 meses, os bebês precisam de 14 a 16 horas de sono.

Mesmo com tantas horas de sono somadas, pode parecer que seu bebê não está dormindo nada e que ele acorda toda hora, uma vez que essas horas são distribuidas em períodos muito curtos de sonecas intercaladas com mamadas. Mas calma, é completamente normal!

Meu bebê dorme de dia e não de noite

Pode ser que seu neném esteja trocando o dia com a noite. Passa o dia inteiro dormindo e parece que a noite não quer dormir.

Como resolver:

Algumas coisas que podem ajudar nessa situação são:

  • Limitar as sonecas do dia para até 3 horas de duração
  • Separar claramente os momentos do dia com os da noite, mantenha o quarto do bebê escuro a noite e evite grandes distrações ou estímulos durante as mamadas da noite.
Bebê dorme de dia e não de noite
Pode ser que seu bebê esteja trocando dia e noite na hora de dormir.

Sono de bebês de 4 – 5 meses

Aos 4 meses seu bebê já deve estar dormindo entre 12 e 16 horas durante o dia em duas ou três sonecas durante o dia e um total de nove a onze horas a noite.

Regressão do sono

Nessa idade o seu bebê pode passar pela chamada regressão do sono. Quando você está preparada pra hora de dormir, o pequeno quer tudo menos cair no sono. Uma alteração perfeitamente normal por volta dos 4 meses, que pode se repetir em outros momentos.

Esse problema ocorre no período em que seu bebê começa a descobrir as maravilhas do mundo e com tanta coisa facinante, quem iria querer perder seu tempo dormindo?

Não há uma forma oficial de “diagnosticar” a regressão do sono, mas é provável que você consiga identificar quando estiver lidando com isso.

Regressão do sono: saiba como ela afeta o seu bebê!(Abre numa nova aba do navegador)

Como resolver:

Mantenha sua rotina da noite firme: banho, mamada, uma historinha, uma cantiga de ninar e depois cama. A associação que o bebê faz da hora de dormir pode ajudar muito.

Além disso, garanta que as sonecas do dia sejam mantidas em ritmo normal para compensar a perda noturna. Quanto mais cansado estiver o bebê, mais difícil ele dormir tranquilo.

Regressão do sono é um problema comum
A regressão do sono é um problema comum entre os bebês.

Sono de bebês a partir dos 6 meses

Durante esse período você vai perceber mudaças na rotina do sono. O bebê ainda deve dormir cerca de dez horas durante a noite, mas as sonecas do dia irão diminuindo gradualmente até os 9 meses. A partir dai, serão necessárias apenas duas sonecas de dia. A partir desse momento, o seu neném já é capaz de dormir uma noite inteira, mas há ainda fatores que podem influenciar negativamente a higiene do sono.

Após acordado o bebê não dorme sozinho de novo

Quase todo mundo acorda algumas vezes durante a noite, e para os bebês não poderia ser diferente. A diferença é que nós adultos sabemos virar pro outro lado e voltar a dormir, os bebês ainda precisam aprender.

Como resolver:

Considere aplicar algumas táticas para que o bebê aprenda a dormir sozinho para que quando acordar durante a noite, ele não dependa de você para pegar no sono novamente sozinho.

O bebê acorda antes do sol e não dorme mais

Seu bebê acorda muito cedo e não volta a domir??

Como resolver:

Para tentar ajudar você pode mudar a rotina das sonecas ajustando os horários para que o bebê durma mais durante a noite.

Seu bebê ama madrugar…. já você, nem tanto….

Problemas para dormir depois de recuperar de uma doença

Logo após algum episódio de gripe ou algo similar, desconfortos como dor de garganta, dor de barriga ou congestão nasal, assim como nos adultos, podema atrapalhar o seu bebê a dormir.

Enquando o bebê está doentinho, é normal que pais e mães fiquem preocupados e mais que nunca não desgrudem o olhar de seu bebê nem por um segundo durante a noite para garantir que está tudo bem.

Todo esse carinho especial pode deixar o bebê mal acostumado novamente. Dessa forma, mesmo após recuperado, ele sente falta das suas visitas e aconchegos no meio da noite.

Como resolver:

Quando seu bebê já estiver recuperado, e cheio de energia, é hora de focar em voltar os hábitos noturnos normais. Pode ser que isso demore algumas noites, mas é importante manter a consistência e resistir a vontade de agarrar aquela fofura e deixar que ela aprenda novamente a dormir sozinha. Quanto mais consistente você for, mais rápido o bebê vai entender que noite é hora de dormir, e não de brincar.

Apesar de todas essas dicas, lembre-se: caso perceba que algo não está certo e esteja preocupado, procure o seu médico pediatra, ele saberá te orientar para a melhor conduta necessária para cada momento e cada situação.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat