Gravidez química: tudo o que você deve saber sobre ela!

Instituto Villamil - gravidez química 1

Você já viu a expressão “gravidez química” e ficou sem saber o que era? Aqui, você verá o que isso significa, quais os sinais, quais as causas e se há chance de engravidar novamente!

Poucas pessoas conhecem o termo “gravidez química” (ou gravidez bioquímica). Entretanto,  esse termo é muito comum para mulheres que estão tentando engravidar.

A gravidez química é um acontecimento muito comum.

A maioria das mulheres não percebe quando acontece esse evento com elas, pois nem sempre haverá um atraso menstrual – ou haverá um atraso tão curto, que não levará a mulher a fazer um exame. Dessa forma, não haverá o diagnóstico. Todavia, caso a mulher realize o teste de farmácia , o resultado será positivo. Esse acontecimento pode ser extremamente frustrante e triste, para as mulheres que estão tentando ser mães.

O que é uma gravidez química?

Gravidez química
A gravidez química acontece quando o embrião tenta se implantar no endométrio.

A gravidez química ocorre quando o óvulo fecundado pelo espermatozoide (embrião), alcança a cavidade uterina e tenta se implantar no endométrio, que é a camada interna do interior do útero. O organismo da mulher produz o hormônio da gravidez (hCG), a partir desse momento e por isso o resultado do teste de farmácia ou de beta-hCG será positivo, caso ela realize o exame que detecta o hCG circulante.

Diversos fatores podem levar o embrião a não conseguir se implantar no útero. Essa situação levará o organismo da mulher a parar a produção de hCG e, dessa forma, a gravidez não irá evoluir. Quando o hormônio para de ser produzido, há a menstruação depois da gravidez química. Devido a esse fato, o segundo exame terá resultado negativo.  Assim, a mulher descobrirá que não está grávida.

Um exame de ultrassom poderá confirmar a gravidez. Mas, caso esse exame não identifique uma implantação adequada do embrião, o diagnóstico é a gravidez química.

Instituto Villamil - Projeto doze meses

Quais os sintomas de uma gravidez química?

Alguns sinais podem ser notados, quando há gravidez química:

  • Atraso menstrual de poucos dias – devido a esse fato, mulheres que estão tentando engravidar se apressam em fazer um teste nos primeiros dias de atraso menstrual.  E, em razão disso, se deparam com um resultado positivo seguido de um resultado negativo, o que causa muito sofrimento a elas;
  • Detecção de baixos níveis de beta-hCG no sangue – quando há uma implantação de embrião bem sucedida, o “hormônio da gravidez”, normalmente, aumenta de quantidade, cerca de 2 vezes a cada 3 ou 4 dias. Mas quando há gravidez química, o nível de beta-hCG estará muito baixo, quando comparamos com uma gestação viável;
  • Teste de farmácia com resultado positivo e beta hCG sanguíneo com resultado negativo;
  • Menstruação logo após fazer o teste – quando há poucos dias de atraso menstrual, pode acontecer de a mulher menstruar assim que chega em casa, após fazer um teste. Essa situação também pode indicar que a implantação não foi bem sucedida e houve gravidez química.

 

Como pode a menstruação atrasar e o teste de gravidez dar negativo?

O que causa a gestação química?

A medicina ainda não tem muitas respostas para essa pergunta, mas há a seguinte hipótese:

  • A gravidez química pode estar associada a embriões que apresentam alterações genéticas. Portanto, pode haver alguma modificação em seu DNA. Essas alterações podem dificultar e impedir a continuidade do desenvolvimento e fixação deles no útero, o que promove esse tipo de “gestação”.

A maioria das mulheres nem percebem que estão passando por uma gravidez química, pois o atraso menstrual será de poucos dias e, assim, não realizam o teste. Mas, uma mulher que está tentando se tornar mãe poderá ficar ansiosa e fazer o teste logo nos primeiros dias de atraso, o que levará a uma frustração. Por esse motivo, os médicos orientam as mulheres a aguardarem o período ideal para realizar o exame de sangue para confirmar a possível gravidez.

 

Gravidez química

Gravidez química pode ocorrer na fertilização in vitro (FIV)?

Gravidez química
A gravidez química não é exclusiva dos meios naturais de se engravidar.

Quando a mulher passa por uma FIV, é natural que fique ansiosa para conseguir o resultado positivo. Mas essa grande expectativa pode se tornar uma grande frustração, caso o resultado não seja o esperado.

Assim, é importante saber que a gravidez química não é exclusiva dos meios naturais de se engravidar, pois ela pode acontecer na FIV também. Embora na FIV a fecundação aconteça em laboratório, a implantação do embrião depende do corpo da mulher e, portanto, não é garantida.

Os casos de gravidez química podem até ser mais facilmente identificados em mulheres submetidas a FIV, pois há um dia estabelecido para a realização do exame do beta-hCG. Já nas gestações espontâneas, as mulheres tendem a realizar um teste somente quando há um atraso menstrual significativo – fora dos primeiros dias de atraso.

Vou conseguir engravidar novamente?

 

ginecologista-instituto-villamil-1
Ter passado por uma gravidez química não compromete a fertilidade da mulher. Busque um acompanhamento médico!

Caso o casal deseje, os dois poderão tentar engravidar novamente logo no próximo ciclo menstrual. Mas, é muito importante que a mulher visite o seu médico após passar por essa situação, para se certificar de que já pode dar início a novas tentativas.

Casos de gravidez química recorrentes, precisam de um acompanhamento, para descobrir o motivo dessa falha e possibilitar uma nova gestação. Como não existe um tratamento direcionado para a gestação química, uma investigação será feita, usando-se exames para entender melhor as causas desse quadro.

Consulte o seu ginecologista e não fique pessimista quanto a conseguir engravidar. Portanto, nunca se esqueça: a sua saúde e bem-estar devem vir sempre em primeiro lugar!

LEIA MAIS:

 

VÍDEOS RECOMENDADOS:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat