É normal não ter orgasmo? Saiba mais sobre este tema.

institutovillamil-orgasmo3

É normal não ter orgasmo? — “Eu nunca tive um orgasmo” – esta é uma queixa comum no consultório médico. De acordo com o último curso de sexologia realizado pela SOGIMIG (Sociedade Mineira de Ginecologia e Obstetrícia), cerca de 35-40% das mulheres em Belo Horizonte não sabem o que é um orgasmo.

“Então… visto que esta é uma das queixas comuns em sexologia..  é normal não ter orgasmo ?”

Pode-se dizer que é comum não ter.

Mas, visto que o orgasmo é uma das sensações mais prazerosas que o ser humano pode vivenciar, vale a pena procurar ajuda especializada para conseguir ter.

É difícil definir o conceito de orgasmo.  Cientificamente seria um momento de transe após estímulo sexual rítmico repetitivo, com pico cerebral de liberação de serotonina e grande sensação de prazer e satisfação associados.institutovillamilOrgasmo-Feminino

A incapacidade de atingir um orgasmo é chamada de anorgasmia. Existem várias causas para a mulher não estar conseguindo. Hoje, vamos conhecê-las e descobrir como solucioná-las :

Permissão mental para o orgasmo

Devemos sempre lembrar que o orgasmo não acontece nos genitais, e sim no cérebro. Sendo assim, os pensamentos e o bem estar da mente influenciam na capacidade de se alcançá-lo.

Na hora do sexo, é importante esvaziar a mente, desfazer-se de preocupações, angústias… a possibilidade do orgasmo começa pela sensação de permissão.

Por acreditar que aquele ato sexual não é pecaminoso, não é errado, não é inapropriado, é seu momento e você PODE aproveitá-lo.

orgasmo-feminino2

Conhecimento do próprio corpo para orgasmo

Conhecer as zonas erógenas do seu corpo é o próximo passo. A maioria das mulheres atingem orgasmo por estimulação do clitóris ou das mamas, e não pela penetração.

Em geral, são zonas erógenas partes do corpo repletas de terminações sensitivas e que lhe trazem prazer ao serem estimuladas. Também podem ser zonas erógenas a região anal, o pescoço, as coxas… descubra o que você gosta mais no seu corpo!


Quando é preciso procurar ajuda profissional ?

institutovillamil-cinquenta-tons-de-cinza

Vale a pena procurar ajuda profissional se a anorgasmia persistir. É fundamental compreender se a relação sexual é prazerosa, mas não alcança o orgasmo, ou se a relação causa desconforto e por isso a sensação de prazer não progride.

Neste caso, é preciso investigar se a mulher sofre de alguma condição clínica para ser tratada especificamente, como dispareunia, vaginismo, transtorno do desejo hipoativo…

“É normal não ter orgasmo?” É.

Não significa que exista algo errado com você. Você provavelmente só precisa conhecer mais seu corpo e descobrir o seu caminho do prazer.

Leia mais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat