Como lidar com a fadiga e o cansaço durante a gravidez?

fadiga na gravidez

Esgotamento, cansaço, fadiga – como quer que você chame, é uma chatice. Veja o que causa a fadiga na gravidez e o que você pode fazer a respeito.

É normal sentir-se cansada durante a gravidez e os motivos que explicam essa sensação são os mais variados possíveis. Partindo do princípio de que a gestação é o momento onde está se formando um novo bebê, esse já seria motivo suficiente para explicar o cansaço. Mas também existem outras causas. Saiba mais!

Sinais de gravidez: quando desconfiar se posso estar grávida?

A fadiga extrema é normal no início da gravidez?

É normal sentir-se cansada e até exausta nos primeiros meses de gravidez. A fadiga, mesmo a fadiga extrema, é um sinal precoce de gravidez que quase todas as mulheres experimentam no primeiro trimestre. Também é muito normal no terceiro trimestre, afetando cerca de 60% de todas as mulheres grávidas.

Como é a fadiga da gravidez?

A fadiga é considerada uma falta constante de energia. Durante a gravidez, você pode sentir que não consegue levantar de manhã ou mal pode esperar para dormir assim que chegar em casa à noite. Ou você pode sentir que está apenas se arrastando desde o momento em que se levanta até a hora de dormir.

Enxaqueca na gravidez: o que fazer?

fadiga na gravidez
A fadiga e o cansaço são sintomas muito comuns na gravidez, principalmente no primeiro e terceiro trimestre.

Causas de fadiga no início da gravidez

No primeiro trimestre, vários fatores podem causar fadiga na gravidez, incluindo:

  • Formação da placenta: durante o primeiro trimestre da gravidez, seu corpo está criando a placenta, um órgão fabricado especialmente para a gravidez que fornece ao bebê os nutrientes e o oxigênio necessários para o crescimento e o desenvolvimento. Portanto, é uma tarefa enorme que suga a energia do seu corpo.
  • Hormônios: a fadiga da gravidez se deve em grande parte ao aumento da produção do hormônio progesterona. Dessa forma, as alterações hormonais podem causar transtornos de humor, e andar na montanha-russa emocional da gravidez pode ser cansativo.
  • Aumento do suprimento de sangue: criar e bombear sangue extra para fornecer nutrientes e oxigênio ao bebê podem fazer você se sentir cansada.
  • Outras mudanças físicas: o seu metabolismo está acelerado, sua frequência cardíaca está alta, o açúcar no sangue e a pressão arterial estão baixas e você está usando mais nutrientes e água – tudo isso pode cansá-la.

O que é pré-eclâmpsia? Entenda tudo sobre hipertensão na gravidez

fadiga na gravidez
No primeiro trimestre de gravidez, a fadiga se deve principalmente à adaptação do corpo da mulher às mudanças para gerar uma nova vida.

 

Causas de fadiga no terceiro trimestre

  • Crescimento da barriga: seu bebê está crescendo e você está carregando mais peso do que no início da gravidez.
  • Insônia e outros sintomas: o inchaço crescente, juntamente com os sintomas da gravidez, incluindo azia, dor nas costas e síndrome das pernas inquietas, podem tornar o sono mais difícil.
  • Todas as mudanças relacionadas a ter um novo bebê: listas de compras, listas de afazeres, listas de nomes de bebês e outras decisões a serem tomadas, também pode estar lhe custando sono e energia.

Insônia durante a gravidez

fadiga na gravidez
No terceiro trimestre, a fadiga se deve principalmente ao cansaço pelo peso da barriga e todas as mudanças que ocorrem no corpo da mulher.

 

A fadiga pode prejudicar meu bebê?

Para a grande maioria das mulheres, a fadiga durante a gravidez é completamente normal e não prejudica o bebê. No entanto, se em algum momento durante a gravidez sua fadiga for severa e persistente, ou se durar por toda a gravidez, converse com seu médico. Às vezes, a fadiga severa da gravidez pode ser um sinal de uma condição mais séria que requer tratamento.

Sinais e sintomas na gravidez que não podem ser ignorados

Dicas para lidar com a fadiga na gravidez

A fadiga é um sinal do seu corpo de que você precisa relaxar. Portanto, ouça e descanse o quanto precisar. Algumas dicas para ajudar são:

– Acalme-se e peça por ajuda

Se você ainda não tem um filho em casa, aproveite esta chance para se concentrar inteiramente em cuidar de si mesmo.

Caso você já tem filhos, não é hora de ser uma supermãe. Deixe a louça esperar até mais tarde e tente não se preocupar em limpar constantemente. Escolha uma refeição saudável em vez de cozinhar às vezes, ou peça ao seu parceiro para assumir as tarefas de cozinha.

Se você puder contratar alguém para fazer as tarefas domésticas para você, melhor. Delegue as atividades o quanto conseguir.

– Aumente a sua hora de dormir

Conseguir até mesmo uma hora extra de sono à noite faz uma enorme diferença em seus níveis de energia durante o dia. Um total de sete a oito horas por dia de sono é o ideal. Muito mais pode deixar você se sentindo mais cansada.

fadiga na gravidez
Uma boa noite de sono é fundamental para ajudar a diminuir o cansaço na gravidez.

 

– Envolva seus outros filhos

Se você tem outros filhos em casa, não é de se admirar que esteja se sentindo extremamente cansada. Entretanto, ainda assim é importante tentar se tornar uma prioridade. Explique aos seus filhos que você está cansada porque criar um bebê é um trabalho árduo. Peça a ajuda deles em casa.

Escolha alimentos saudáveis

Focar em alimentos cheios de nutrientes ajudará a manter seus níveis de energia estáveis ​​o dia todo. Siga as orientações para uma boa dieta e resista em pular refeições. Comer seis pequenas refeições em vez de três grandes pode manter o açúcar no sangue e a energia estáveis. Também ajudará a reduzir outros sintomas comuns da gravidez, como enjoo matinal e constipação.

Alimentação na gravidez: como fazer boas escolhas?

fadiga na gravidez
Uma alimentação saudável ajuda na manutenção do bem-estar durante a gravidez e diminuição do cansaço.

 

Mexa-se

Faça caminhadas leves, uma corrida lenta ao redor do quarteirão ou parque ou uma aula de ioga. Você não se sentirá apenas melhor, mas também dormirá melhor à noite.

fadiga na gravidez
Exercícios como caminhadas e ioga podem ajudar a enfrentar o cansaço e a sensação de fadiga ao longo da gravidez.

 

Quando chamar o médico

Embora a fadiga da gravidez seja um sintoma totalmente normal, se você estiver se sentindo muito cansada ou de outra forma preocupada com sua saúde, não hesite em consultar o seu médico. Ele ou ela pode descartar outras condições que possam estar causando seus sintomas:

  • Anemia: é muito provável que você tenha uma queda na contagem de glóbulos vermelhos à medida que seu volume de sangue se expande, situação esperada na gravidez. Além de se sentir fraca, outros sinais de anemia incluem palidez, falta de ar ou desmaios.
  • Hipo ou hipertireoidismo: o aumento ou a diminuição dos hormônio tireoidianos pode aparecer pela primeira vez durante a gravidez e causar cansaço. Você pode sentir outros sintomas de problemas de tireoide durante a gravidez, como mudanças repentinas de peso, sensibilidade à temperatura, depressão ou irritabilidade.
  • Diabetes gestacional: se o corpo se torna resistente à insulina e menos capaz de regular o aumento de açúcar no sangue durante a gravidez. Fique atento a outros sintomas de diabetes gestacional (como sede incomum e micção frequente em grandes quantidades). Certifique-se de comparecer a todas as consultas pré-natais, incluindo o teste de glicose por volta de 24 a 28 semanas.
  • Depressão na gravidez: sentir-se cansada e sem energia além do esperado em uma gravidez normal pode ser um sinal de depressão. Outros sintomas incluem sentir-se triste ou apático, querer comer ou dormir o tempo todo. Se os sintomas persistirem por mais de duas semanas, o ideal é procurar atendimento.

Tudo sobre depressão durante a gravidez

fadiga na gravidez
A gestação é uma fase de muitas mudanças e encará-las da melhor forma é essencial para a saúde de mãe e bebê.

Saiba que todas essas condições de gravidez são administráveis e tratáveis, mas você precisa manter contato constante com seu médico, o que garante que você receba o melhor tratamento possível e consiga manter uma gestação saudável.

Texto adaptado de Pregnancy fatigue – What to expect

 

Leia mais:

– Gravidez após os 35 anos: quais são as principais dúvidas?

– Obesidade na gravidez

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat