Como A Grávida Deve Se Alimentar?

AlimentacaoNaGravidez2

Durante a gestação o corpo da mulher passa por uma intensa transformação, tanto física como psíquica!

O corpo que antes nutria apenas um indivíduo agora é também responsável por formar outro.

A ingestão adequada de macronutrientes e micronutrientes passa a ser muito importante para o crescimento e desenvolvimento do bebê que está para chegar.

Os estudos tem demonstrado que a alimentação inadequada, tanto para mais quanto para menos, nesse período causa consequências drásticas não somente a curto prazo, mas também a longo prazo.

Por que se alimentar bem?

  • A boa alimentação durante a gestação traz benefícios tanto para a mulher quanto para o bebê!
  • A ingestão excessiva de comida faz com que o ganho de peso da gestante seja maior, o que aumenta a chance de desenvolvimento de doenças, como o diabetes gestacional. Isso pode fazer com que o bebê também ganhe peso em excesso, o que o torna mais susceptível a também desenvolver a doença no futuro. A mulher tem mais risco de ter aborto e complicações durante a gestação. Além disso, a recuperação do peso depois neném nascer ficará muito mais difícil.
  • O baixo peso materno também é associado a desfechos desfavoráveis. As mães desnutridas tem mais chances de terem bebês prematuros, com baixo peso ao nascer e até mesmo com más formações fetais.

 

É importante também que os pais se lembrem que eles serão o espelho dos filhos, logo é necessário dar o exemplo para que as crianças se alimentem bem!

O que muda na alimentação da gestante?

  • Com a grande responsabilidade de formar um bebê, o corpo da mulher passa a necessitar de doses maiores de nutrientes.
    • Proteínas
      • a gestante necessita de uma ingestão maior desse macronutriente, principalmente nos 6 últimos meses de gestação. A mulher pode escolher entre carnes magras, ovos, peixe, frango ou outras fontes proteicas!
    • Carboidratos
      • esse macronutriente também deve ser aumentado na alimentação da mulher gravida, dando sempre preferencias as frutas, vegetais e aqueles ricos em fibras. Alimentos industrializados devem ser evitados ao máximo!
    • Gorduras
      • os alimentos ricos em gordura trans devem ser evitados! A gestante deve optar por ingerir alimentos ricos em gorduras boas como o azeite, abacate, as oleaginosas…
    • Ácido fólico
      • micronutriente muito importante para a formação do sistema nervoso do bebê! O ideal é que a mulher faça a suplementação antes mesmo de engravidar. É requisitado principalmente no primeiro trimestre, onde além da suplementação, a gestante deve buscar ingerir as folhas e vegetais verdes, ricas nesse mineral, como a couve, espinafre, brócolis…
    • Ferro
      • é muito comum que a gestante fique com anemia, para isso a suplementação de ferro passa a ser necessária. A mulher deve buscar aumentar a ingestão de ferro na alimentação comendo bastante feijão, brócolis, couve, lentilha, entre outros. A absorção do ferro aumenta com a ingestão de vitamina C, encontrada na laranja, no mamão, no maracujá, no limão, logo o ideal é que ambos os alimentos sejam ingeridos juntos!
    • Cálcio
      • bastante necessário para a formação dos ossos do bebê! Mulheres com alimentação pobre em cálcio devem buscar suplementar. A ingestão de leite, queijos, iogurtes e outras fontes deve ser aumentada no período gestacional.
    • Iodo
      • é de extrema importância para o correto funcionamento da tireoide da mãe e do bebê. Logo, nada de retirar o sal completamente da comida, ele é uma grande fonte de iodo. Outros alimentos a serem adicionados a dieta são os frutos do mar.

 

Alimentação na gestação

Grávida tem que comer por dois?

  • Crença popular bastante difundida entre a sociedade é de que a mulher grávida tem que comer por dois!
  • A gestante NÃO tem que comer por dois, na verdade a mulher deve aumentar a quantidade de calorias ingeridas em 350-450 Kcal e só a partir do segundo trimestre!

    O que deve melhorar é a qualidade da alimentação.

Quais alimentos são proibidos?

O que está proibido durante a gestação para todas as mulheres é a ingestão de bebidas alcoólicas!

  • Alguns alimentos merecem uma atenção especial:
  • Saladas e vegetais crus
    • evite comer esses alimentos fora de casa! Os alimentos que são ingeridos crus devem estar sempre muito bem higienizados para se evitar, principalmente, a contaminação por toxoplasmose.
  • Carnes
    • o ideal é que estejam sempre muito bem cozidas. As carnes mal- passadas devem ser evitadas, por poderem transmitir doenças.
  • Sushi
    • a gestante pode comer sushi, o peixe não transmite toxoplasmose. Porém, a mulher deve procurar restaurantes que possuem um armazenamento confiável visto que o peixe cru pode transmitir outras doenças que acarretam em diarreias e desidratação.
  • Café e alimentos ricos em cafeína
    • devem ser consumidos com moderação. A gestante não deve ultrapassar a dose de 2 cafezinhos por dia.

 

  • É importante lembrar que a avaliação nutricional de cada mulher deve ser feita de forma individual, de preferência assim que a gravidez é descoberta. Mesmo ingerindo as quantidades adequadas de nutriente a suplementação pode ser necessária e isso somente um profissional poderá avaliar.

LEIA MAIS:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat