Cocô do bebê: o que é normal e o que não é?

Cocô do bebê - o que é normal?

Depois que seu neném chegou parece que cocô virou um assunto frequente dentro de casa?

Cocô amarelo, será que é normal? E o cocô mais esverdeado? Se o cocô do meu filho está sem cor, devo procurar o médico?

Ótimo! Observar a consistência e as mudanças no cocô do seu bebê é fundamental para identificar possíveis problemas de saúde. Por isso, é muito importante saber quais alterações são esperadas e normais, e quais podem indicar que há algo de errado.

Primeiras 48 horas: Mecônio

É esperado que a primeira evacuação do bebê aconteça dentro das primeiras 48 horas, após as primeiras amamentações. O chamado mecônio é esse primeiro cocô que tem um aspecto bem esquisito. Essa gosma bastante escura que sai na fralda nada mais é do que componentes do líquido amniótico que o bebê engoliu enquanto ainda estava na barriga.

É normal o bebê eliminar esse conteúdo logo após o nascimento, mas, caso elimine ainda dentro da barriga, devemos tomar alguns cuidados pois pode significar o aparecimento de algumas complicações. Para mais informações sobre mecônio e Síndrome Da Aspiração Meconial acesse o link abaixo.

[O que é o Mecônio?(Abre numa nova aba do navegador)

Cocô amarelado ou verde

Para bebê alimentados exclusivamente de leite materno, a cor esperada do cocô é uma pastinha amarelada, as vezes esverdeada. Como a fralda absorve grande parte da porção líquida dessas fezes, pode ser que fique na superfície da fralda apenas alguns grumos, representando as partes mais consistentes do cocô.

É comum que os bebês toda vez que mamem, evacuem. Parece até que a associação é direta: mamou, encheu a fralda. Esse padrão também é normal.

Ainda, o bebê que mama exclusivamente no peito pode passar até 10 dias sem fazer cocô, sem que isso signifique que há algum problema. Em caso de dúvida, sempre consulte seu pediatra.

 

Cocô do bebê normal
Cores variando de amarelo para esverdeado são normais.

E o cocô do neném que toma fórmula ou come papinha?

Os bebês que tomam fórmula podem ter o cocô diferente. As fezes podem ficar mais pastosas e consistentes. Além disso, o cheiro pode se tornar mais forte, assemelhando-se ao cheiro das evacuações de adultos.

Após a introdução alimentar por volta dos seis meses de vida, com a alimentação cada vez mais parecida com a dos adultos, o cocô também pode mudar, assumindo maior consistência. Além disso, a medida que o bebê cresce e sua alimentação muda, é comum que a frequência de evacuações por dia seja menor.

Cocô branco ou vermelho

Alerta! Caso o cocô do seu bebê esteja branco ou vermelho, avise o pediatra! Fezes brancas, tanto em bebês quanto em adultos são um sinal de alerta pois podem significar que há algo de errado no fígado que está alterando o processo da digestão. Além disso, fezes com tons avermelhados podem significar sangramento em alguma porção do trajeto de evacuação das fezes. Essa alteração também deve ser comunicada ao pediatra.

 

Cocô que não está normal
Fezes com cores muito claras próximas de branco ou com presença de sangue devem levantar uma alerta!

Qual a melhor forma de limpar o bebê?

Como limpar seu bebê durante a troca de fraldas?
É contraindicado o uso de lenços umedecidos em bebês menores de seis meses. Exceto em situações extremas.

O ideal é limpar o bebê apenas com água morna em algodão. Não é necessário dar banho no bebê toda vez que ele evacuar, mas é importante deixar o bumbum bem limpinho e seco para evitar assaduras.

Os lenços umedecidos são contraindicados antes dos 6 meses, visto que deixam a área úmida, favorecendo assaduras, como, por exemplo pelo fungo Cândida. Além disso, alguns bebês podem ter irritação pelos compostos do lenço, mesmo que sejam próprios para bebês recém-nascidos. Em casos extremos como quando estiver fora de casa, se for usar os lenços umedecidos, opte pelos hipoalergênicos.

LEIA MAIS:

Como evitar assadura no bebê?

Cólicas nos bebês: Como agir?

VEJA MAIS

 

 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat