Câncer de colo de útero: saiba TUDO sobre ele

câncer de colo do útero

O câncer do colo do útero ocorre quando as células se tornam anormais. Com isso, as células cancerosas se dividem mais rapidamente e acabam por formar um tumor.

Quanto tempo leva para o câncer do colo do útero se desenvolver?

Esse câncer leva vários anos para se desenvolver. Durante esse período, as células do colo do útero ou ao redor dele ficam anormais. Diante disso, as alterações iniciais que ocorrem antes do câncer formam a neoplasia intraepitelial cervical (NIC).

câncer de colo de útero
O colo do útero é a porção inferior do útero e serve para fazer a transição entre a vagina e o corpo do útero.

Qual é a principal causa do câncer cervical?

A principal causa desse câncer é a infecção pelo papiloma vírus humano (HPV). Existem muitos tipos de HPV e alguns são conhecidos por causarem verrugas genitais. Mas, alguns tipos podem causar câncer de ânus, colo do útero, vulva, vagina e pênis. Além disso, eles também podem causar câncer de cabeça e pescoço.

A infecção por HPV é muito comum. O vírus passa de pessoa para pessoa por contato sexual. No entanto, estar infectado com HPV não significa necessariamente que uma pessoa terá verrugas genitais ou desenvolver câncer.

O HPV penetra nas células e faz com que elas mudem e cresçam de forma anormal. Normalmente, o sistema imunológico se livra do vírus e a infecção desaparece por si mesma. Mas, em um pequeno número de mulheres, o HPV não desaparece. Assim, quanto mais tempo o HPV estiver presente e quanto mais velha for a mulher, maior será o risco de o vírus danificar as células cervicais.

câncer de colo de útero
É infecção pelo HPV é a principal causa do câncer de colo de útero

Como posso prevenir a infecção por HPV?

Uma forma de se proteger contra a infecção pelo HPV é tomar a vacina. A vacina é segura, eficaz e protege contra os tipos de HPV que são a causa mais comum de verrugas genitais e câncer. Mas, a vacina não contém vírus vivos. Portanto, não pode causar infecção por HPV.

O ideal é realizar a vacinação antes de a pessoa se tornar sexualmente ativa e exposta ao HPV. Mas, ainda pode reduzir o risco de contrair HPV para pessoas que já foram sexualmente ativas. A idade ideal para a vacinação de meninas e meninos contra o HPV é 11 ou 12, mas pode ser administrada a partir dos 9 e até os 26 anos.

Se você tiver mais de 26 anos, você e seu médico podem conversar se precisa da vacina, pois ela foi aprovada para pessoas até 45 anos.

câncer de colo de útero
O SUS oferece a vacina que previne o câncer de colo de útero

Quem corre risco de desenvolver câncer cervical?

O câncer do colo do útero pode ocorrer em qualquer idade. Mas, acontece com mais frequência em mulheres com mais de 40 anos. No entanto, raramente ocorre em mulheres com menos de 21 anos. O risco de câncer do colo do útero depende de sua história sexual, sistema imunológico, saúde e estilo de vida.

O fator de risco mais importante para esse câncer é a infecção pelos tipos de HPV associados ao câncer. Além disso, os seguintes fatores aumentam o risco de se infectar com o HPV:

  • Parceiros sexuais múltiplos
  • Ter um parceiro sexual masculino que teve múltiplos parceiros sexuais
  • Idade em que você teve relações sexuais pela primeira vez (menos de 18 anos)
  • Uma história pessoal de displasia do colo do útero, vagina ou vulva
  • Uma história familiar de câncer cervical
  • Tabagismo
  • Certas infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), como clamídia.
  • Problemas com o sistema imunológico

É possível prevenir por meio de exames regulares. No Brasil, o principal rastreamento é pelo teste de Papanicolau. Esse teste verifica se há alterações celulares anormais do colo do útero.

instituto villamil ebook parto dos sonhosNão deixe de ler esse e-book para aprender mais sobre como o parto pode ser incrível.

Quais são alguns dos sintomas do câncer cervical?

O câncer do colo do útero geralmente não apresenta sintomas no início. Quando os sintomas ocorrem, os primeiros sinais podem ser sangramento anormal, manchas ou secreção aquosa da vagina. O sangramento menstrual pode ser mais intenso do que o normal e pode ocorrer sangramento após o sexo. Se você tiver algum desses sintomas, consulte seu médico.

Os sinais de câncer avançado podem incluir dor pélvica, problemas para urinar e pernas inchadas. Se o câncer se espalhou para órgãos próximos ou para os gânglios linfáticos, os tumores podem afetar o funcionamento desses órgãos. Por exemplo, um tumor pode pressionar sua bexiga ou bloquear o fluxo sanguíneo em uma veia. Esses sintomas nem sempre significam câncer. Se você tiver algum desses sintomas, consulte seu médico imediatamente.

Como o câncer cervical é diagnosticado?

Se o seu médico suspeitar que você tem câncer do colo do útero, uma biópsia pode ser feita. O câncer pode ser detectado com um teste de Papanicolau, mas uma biópsia é necessária para ter certeza.

Quais são os tipos de tratamento?

Cirurgia, radioterapia e quimioterapia (o uso de drogas que matam o câncer) são os tratamentos do câncer do colo do útero. Mas, o tipo de tratamento depende do estágio do câncer. Na cirurgia, o objetivo é remover o tumor e quaisquer tecidos por onde ele possa se espalhar.
A radioterapia impede o crescimento das células cancerosas, expondo-as a radiações especiais. A quimioterapia é o uso de drogas que matam o câncer.

Leia mais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat