Alimentos para evitar durante a gravidez: 10 dicas!

alimentos para evitar na gravidez
A mulher grávida precisa ter um cuidado especial com o que está comendo. Afinal, ela deve se preocupar não só com sua saúde como também com o desenvolvimento saudável do bebê. Por isso, é necessário se informar sobre alimentos para evitar durante a gravidez e que potencialmente podem fazer mal à saúde da mulher e do feto. Felizmente, saber o que é seguro e o que não é pode ser simples! Em seguida, você vai encontrar uma lista com os alimentos para evitar na gravidez e dicas para fazer boas escolhas ao comer em restaurantes.

Por que evitar alguns alimentos durante a gravidez?

Alguns alimentos podem conter bactérias causadoras de doenças, como Listeria, Salmonella ou E. coli. Ao mesmo tempo, microorganismos de origem alimentar  também podem atravessar a placenta. E como o sistema imunológico do seu bebê ainda não é forte o suficiente, ele corre o risco de desenvolver uma infecção. Entretanto, é importante saber que nem todos os alimentos que não são recomendados estão nessa lista por causa de bactérias. Alguns podem ser tóxicos e afetar o desenvolvimento do bebê, como os peixes ricos em mercúrio e o álcool.

1. Álcool

alimentos para evitar na gravidez
O álcool no sangue da mãe acaba chegando no sangue do bebê
Muita gente não sabe que o álcool no sangue da mãe atravessa a placenta e chega no sangue do bebê na mesma concentração, e ainda demora mais tempo para ser metabolizado. Da mesma forma que a gestante bebe uma taça de vinho ou um copo de cerveja, a bebida acaba afetando o bebê e pode ser tóxico para seu desenvolvimento.
Bebidas alcoólicas e gravidez: quais são os riscos?

2. Suco não pasteurizado

Evite consumir sucos frescos de lanchonetes e restaurantes. Caso eles estejam velhos ou caso as frutas não tenham higienização adequada, a bebida pode conter bactérias.

3. Peixes e frutos do mar crus ou mal passados

alimentos para evitar durante a gravidez
Durante a gestação, peixes crus não são boas escolhas!
Para a grávida, é importante dar uma pausa no consumo de sushis, sashimi, ostras e outros frutos do mar crus. Esses alimentos devem ser evitados durante a gravidez pois podem abrigar bactérias e parasitas causadores de doenças. 

4. Carnes cruas ou mal passadas

A carne mal passada pode conter bactérias como E. coli, Trichinella e Salmonella, que são responsáveis por infecções alimentares. Além disso, a carne mal passada é abrigo para o parasita responsável pela toxoplasmose, uma doença que, se adquirida durante a gravidez, pode causar sérios danos no desenvolvimento do bebê.

5. Ovos crus 

Embora para muitas gestantes possa parecer comum  que é importante evitar ovos crus durante a gravidez, devemos ressaltar que é importante afastar-se não só os ovos crus propriamente ditos como também de alimentos que podem contê-los: maioneses, mousses, molhos para salada, ovos mal cozidos, sobremesas… A ingestão de ovos crus traz um risco muito aumentado de contaminação pela bactéria Salmonella!  

6. Frutas e vegetais mal lavados

alimentos para evitar na gravidez
Certifique de higienizar bem frutas e verduras
A grávida deve ter um cuidado redobrado ao ingerir frutas e vegetais. Sobretudo, é importante lavá-los bem para remover sujeiras e  microrganismos. Afinal, bactérias e o parasita que causa toxoplasmose também podem estar nesses alimentos mal higienizados.  

7. Queijos maduros

alimentos para evitar na gravidez
Os queijos devem conter leite pasteurizado
Os queijos como feta, brie e camembert, se feitos com leite não pasteurizado, são capazes de abrigar a bactéria Listeria. Nos adultos, a infecção por essa bactéria costuma ter sintomas leves. Porém, durante a gestação é provável que a infecção desencadeie abortos espontâneos, partos prematuros e intoxicação.

8. Peixes com muito mercúrio

Peixes como atum, robalo, halibute e garoupa possuem muito mercúrio e são alimentos para evitar na gravidez. Esse componente, se consumido em quantidades elevadas, pode prejudicar a formação do sistema nervoso do bebê. Para as amantes de frutos do mar, algumas opções de peixe que não possuem tanto mercúrio são salmão, tilápia e truta. Mas lembre-se sempre de comê-los bem cozidos!

9. Cafeína em excesso

alimentos para evitar na gravidez
A cafeína em excesso afeta a absorção de ferro
Durante a gestação, devemos nos atentar para a quantidade de cafeína consumida. A grávida deve ter o consumo limitado a 200 miligramas por dia, o que equivale a cerca de 2 xícaras de café. Além disso, a gestante deve ficar de olho em outros alimentos que possuem cafeína, como chocolates, chás, refrigerantes e bebidas energéticas.  Uma quantidade muito grande de cafeína afeta o organismo de tal forma que interfere na absorção de ferro no organismo. 
Ferro na gravidez: saiba a importância desse nutriente!

10. Brotos crus

Opções saudáveis como alfafa, trevo, rabanete e broto de feijão são alimentos que devem ser evitados durante a gravidez. Surtos de E. coli e Salmonella já tiveram associação com o consumo de brotos crus. Desse modo, é melhor evitá-los.
Alimentação na gravidez: como fazer boas escolhas?

4 dicas para comer fora de casa!

  1. Procure sempre exigir carne, ovos e peixes bem cozidos.
  2. Prefira restaurantes que você já conhece e confia. Agora não é hora de testar novos restaurantes que podem não ter um bom padrão de higiene!
  3. Evitar comer saladas de restaurantes que você não sabe a quanto tempo estão prontas ou se ficaram muito tempo fora da geladeira.
  4. Atente-se para o consumo de chás, refrigerantes e cafés, pois essas bebidas podem conter muita cafeína.

Leia mais

Obesidade na gravidez Atividades físicas na gravidez: 10 dicas Benefícios e riscos dos antibióticos no parto Quais são as alterações de pele na gravidez?

Veja também

 
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat