Alimentação na gravidez: como fazer boas escolhas?

gravidez_tardia_saudavel_alimentação
A gestação é uma fase de diversas mudanças no corpo da mulher e de maior demanda de nutrientes e energia para o bebê. Em nenhum outro momento crescemos ou nos desenvolvemos nessa velocidade! E para que tudo isso aconteça de forma plena, é fundamental escolher bons alimentos e incluí-los na rotina. Mas, afinal, a alimentação na gravidez deve conter quais alimentos? Como ter boa alimentação na gravidez?  Veja aqui algumas dicas:

Preparo para a gestação

Desde o planejamento da gestação a adequação de nutrientes é preciosa, tanto para homens quanto para as mulheres! Iniciando o preparo com até 90 dias antes das tentativas é possível gerar bebês com maior potencial de saúde – modulações genéticas podem acontecer com mudanças na alimentação e estilo de vida. Por isso, controlar o consumo de alimentos industrializados, açúcar, gorduras e conservantes químicos, eliminar o álcool e cigarros,  além de consumir alimentos frescos como frutas, legumes e verduras ORGÂNICOS, sempre que possível, pode fazer a diferença.

No primeiro trimestre

Um dos nutrientes mais importantes para essa fase é sem dúvida o ÁCIDO FÓLICO, e o ideal é que ele esteja em níveis adequados mesmo antes da gestação, assim como outras vitaminas do complexo B e a vitamina D. Essa  também tem papel importante tanto na melhoria da fertilidade do casal quanto na imunidade, formação óssea do bebê e redução de chances de pré-eclâmpsia. Além desses, o ÔMEGA-3 também é aliado desde o início da gravidez: tem papel importante na formação de células cerebrais e de visão do bebê e, segundo estudos recentes, ainda pode reduzir chances de um parto prematuro. A alimentação na gravidez deve conter alimentos mais ricos nesses nutrientes, que são as folhas verde escuro, feijões, carnes, peixes ricos em gordura (como o salmão, sardinha e atum), cogumelos, ovos.

Segundo trimestre

Momento em que a demanda por energia e nutrientes para o bebê tem aumento significativo. Vários órgãos estão em formação e o feto cresce rapidamente. É importante não fazer grandes restrições e manter uma alimentação equilibrada e variada, inclusive em sabores.  Sabe-se que essa variedade ajuda a treinar o paladar do bebê, desde a vida intrauterina! Depois de 16 semanas, ele já é capaz de perceber sabores do liquido amniótico, que variam de acordo com a alimentação na gravidez feita pela mãe. Hora também de caprichar na hidratação e no consumo de fibras, para manter o bom funcionamento do intestino. Não deixe de consumir diariamente alimentos integrais, frutas, legumes, iogurtes ou KEFIR, castanhas e sementes como as de girassol e abóbora. Terceiro trimestre – reta final! O bebê já está praticamente pronto, mas precisa ganhar peso e amadurecer funções para nascer de forma saudável e segura. É a fase de maior necessidade calórica da gestante, mas também quando fica mais difícil comer grandes volumes. Por isso é preciso ter orientação adequada para fazer boas escolhas. Dois nutrientes merecem destaque, são fundamentais no terceiro trimestre: cálcio e ferro. O cálcio é importante na formação óssea do bebê e deve estar em níveis ideais, inclusive na amamentação. O ferro é importante para evitar anemia para mãe e bebê e carrega oxigênio aos seus tecidos! Capriche no consumo de folhas verde escuro, carnes, feijões, gergelim, leite e derivados.

A boa alimentação é suficiente?

Mesmo com uma rica alimentação na gravidez, a suplementação de nutrientes costuma ser necessária. Ela deve ser feita de forma direcionada, sempre após avaliação. O profissional especializado deve analisar fatores como padrão alimentar, exames,  histórico de saúde, preferências e fase gestacional da mulher. O cuidado adequado com nutrição na gestação pode transformar a saúde de gerações! Por Fernanda Leonel, Nutricionista do Instituto Villamil.

O Instituto Villamil oferece acompanhamento nutricional especializado no preparo para a gestação, gravidez, pós parto e alimentação da criança.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat