Afinal… o que é o parto humanizado?

Parto Normal

Humanizar o parto significa respeitar a fisiologia da mulher, seu corpo e seus desejos.

  Muitos hospitais e serviços médicos ignoram as regulamentações exigidas pela Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde. Seja por querer todo o controle da situação do parto, por conveniência dos hospitais em desocupar leitos mais rápido ou por comodidade de médicos e mulheres.  Afinal, no mundo atual não se pode perder muito tempo. Entretanto a ciência vem comprovando que muitas intervenções realizadas não trazem benefícios à mãe nem ao bebê. No parto humanizado a equipe foca em  dar liberdade às escolhas da mulher com o intuito de prestar um atendimento focado em suas necessidades, e não em crenças e mitos. O médico deve mostrar todas as opções que a mulher tem de escolha baseado na história do pré-natal e desenvolvimento fetal e assim acompanhar essas escolhas enfim intervindo o menos possível.

Parto Humanizado: Escolhas da mulher

É a mulher que escolhe onde ter o bebê e  qual acompanhante quer ao seu lado.  Tem liberdade de movimentação durante o trabalho de parto. Ela também escolhe qual a melhor posição na hora do nascimento.  Tem o direito de amamentar na primeira meia hora de vida do bebê. A dor é entendida como uma função fisiológica normal.  É a mulher quem escolhe se quer aliviá-la com métodos não-farmacológicos ou se deseja analgesia peridural. O Parto Humanizado significa direcionar toda atenção às necessidades da mulher. O Parto Humanizado dá a ela  o controle da situação na hora do nascimento porque 0 Parto Humanizado mostra as opções de escolha baseados na ciência e nos direitos que tem.

Assista também:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on google
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat