6 dicas para evitar o desmame na volta ao trabalho

desmameInstitutoVillamil

O momento de retorno ao trabalho gera bastante dúvidas, incertezas e muitas vezes é angustiantes para as mamães! Ainda mais para aquelas que estão amamentando o seu bebê exclusivamente no peito. Nesse momento, sabemos que bate a insegurança e o receio do desmame precoce.

Você está passando por essa fase?

Nesse texto vamos trazer 6 dicas para você não desmamar seu bebê precocemente.

 

desmame
É possível retornar ao trabalho e manter o aleitamento materno! Fique tranquila!

1- Seja prática com suas emoções

Isto mesmo. Nada de “mimimi”, nada de comparações: “fulaninha ficou seis meses em casa, eu não… snif snif…”. Bola pra cima, encare o lado bom disto: ao menos você tem um emprego. E ainda tem um filho!

Pensa bem, você tem um emprego e um filho! E ainda está a amamentando!

Veja o lado positivo das coisas e se concentre nas soluções. Esqueça as possibilidades irreais neste momento.

2- Para evitar o desmame encontre alguém para te ajudar

desmame trabalho
Encontre alguém de confiança para te ajudar!

Sim, você vai precisar de ajuda. Se até agora você fez tudo sozinha, ok, parabéns. Mas, se seu bebê for ficar em casa quando você sair para trabalhar, alguém terá que ficar cuidando dele. Assim, essa pessoa tem que ser alguém que deixe você segura. Dessa forma, você ficará mais tranquila. Pode ser um parente ou um cuidador profissional.

É importante que o contato desta pessoa com seu bebê inicie dias antes do seu retorno ao trabalho. Passe horas com ela, ensine todos os detalhes , as rotinas e as preferências.

Depois comece a dar pequenas saídas tipo “testes”, para ver como você se sente e como a pessoa se sai.

3- Faça uma rotina de amamentação

 

desmame rotina
Crie uma rotina de amamentação, você e o bebê precisam descobrir juntos, de que forma ela vai funcionar!

Até agora você amamentou em livre demanda? Parabéns! Mas, para facilitar as coisas e evitar o desmame é melhor que seu bebê tenha uma rotina.

Assim, você saberá a quantidade de leite que deixará para ele ou quais horários ele terá que ir ao seu encontro, no trabalho.

Se tiver dificuldade, uma dica : leia o livro “Os segredos de uma encantadora de bebês”, da Tracy Hogg com Melinda Blau. Elas ensinam como criar uma rotina saudável.

4- Arrume um canto para amamentar no trabalho

 

desmame x trabalho
Lizia Ronzulli em sua cadeira no Parlamento Europeu, com o seu bebê (2010).

Se você pode levar o bebê ao trabalho, isto é maravilhoso. Dessa forma, faça como Licia Ronzulli, da foto acima. Ela, que é membro do parlamento europeu e queria evitar o desmame precoce, não hesitou: voltou ao trabalho com seu bebê junto.

Mais uma dica: leve alguém com o bebê. Uma coisa é interromper o trabalho na hora de dar de mamar. Outra coisa é interromper o trabalho na hora de ninar, de trocar fraldas, de fazer dormir. Além disso, recomendo que você encontre um “cantinho” onde seu bebê possa ficar sob os cuidados desta pessoa.

Caso você não tenha este “cantinho”, ou não se sinta confortável com o bebê no seu ambiente o trabalho, ou não seja permitido a presença de um bebê todo o dia lá, tente ao menos que o bebê vá ao seu encontro nos horários das mamadas.

Converse com sua equipe de trabalho, com seu chefe, sobre a importância de amamentar e descole um lugarzinho confortável para vocês dois ficarem nos horários das mamadas.

Ah, é claro, você vai mais que precisar daquele pessoa de confiança que irá levar o bebê para você no trabalho!

5- Aprenda a ordenhar

 

bomba desmame
A bombinha pode te ajudar , ela simula a succção do bebê.

Levar o bebê ao trabalho é impossível? Calma, ainda tem jeito para manter a amamentação: ordenhe.

Não sabe ordenhar? Nunca conseguiu? Sai muito pouco? Não desista.

Você tem que conseguir. Para isso, confie na sua fábrica de leite, ela trabalha para você. Na minha opinião (e na opinião de 90% das minhas clientes), a maneira mais fácil e rápida para ordenhar é através das bombas elétricas.

Em outras palavras, é igual andar de bicicleta: na primeira vez você acha impossível. Na décima, você nem percebe mais que está fazendo e está dando certo.

Peça ajuda de alguém experiente: uma amiga que ordenha ou uma consultora em amamentação, para saber como operar a bomba, para evitar que se machuque com ela.

O melhor horário para ordenhar é pela manhã, ao acordar, porque é na madrugada que a sua fábrica mais trabalha. Você pode ordenhar antes de amamentar o bebê, mas também pode ordenhar ao mesmo tempo que amamenta.

Assim, quando sentir o cheirinho do bebê e o calor dele em seus braços, sua fábrica de leite será estimulada ainda mais, o que aumentará a produção neste momento. Caso você tenha que ficar muitas horas seguidas no trabalho, leve a bombinha. Ache um cantinho e ordenhe toda vez que sua mama estiver cheia. Essa é uma dica super válida para você evitar o desmame precoce.

6- Conheça os copinhos e as mamadeiras

desmame mamadeira
Comece devagar, assim você terá tempo de testar vários bicos de mamadeira até achar a ideal.

É muito gostoso sentir o bebê sugando seu corpo e às vezes imaginar que ele vai beber seu leite sem estar grudado em você pode trazer ansiedade e sofrimento.

Neste momento, fica de novo a dica: “seja prática com suas emoções”. Pois, na sua ausência, ou seu bebê vai mamar leite artificial ou vai mamar seu leite. Mas nunca no seu peito. Então, comece a testar o copinho assim que a amamentação estiver bem estabelecida e você estiver bem segura, normalmente isto acontece em torno de 30 dias após o parto.

Beber leite no copinho é a melhor forma de o bebê não largar o peito. Mas, e se a pessoa que irá cuidar dele colocar muita dificuldade em dar o copinho? Tente a mamadeira, oras!

Comece devagar, uma vez por semana, depois duas, e assim você terá tempo de testar vários bicos de mamadeira.

Felizmente hoje existem muitos tipos diferentes, alguns que simulam o peito. Com certeza seu bebê se adaptará melhor a algum dele, e assim você poderá sair de casa tranquila, sabendo que, no momento correto, seu bebê será alimentado com algo que saiu de você, com muito amor, mesmo que você não esteja por perto.

 

Não existe um modelo ideal! O amor e a dedicação fazem tudo ser mais leve!

 

Amamentar é uma experiência única para a mulher e ainda representa saúde para seu filho. Se você conseguir conciliar seu trabalho com a amamentação com certeza se sentirá muito mais segura para continuar conciliando seu trabalho com a maternidade, todos os dias, meses e anos seguintes.

 

Boa sorte!

 

FONTE: Texto escrito pela Dra. Quésia Villamil

instituto villamil projeto doze meses 3

LEIA MAIS:

VEJA MAIS:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on tumblr
Share on pinterest

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

WhatsApp chat